Mestrado: O grande debate e a descoberta da expansão do Universo

Data: 
20/10/2017 - 10:00
Local: 
Auditório 1 do IAG (Rua do Matão, 1226, Cidade Universitária)


Defesa de dissertação de mestrado
Aluno: Júlio Lamon
Programa: Mestrado Profissional em Ensino de Astronomia
Título: O grande debate e a descoberta da expansão do Universo

Comissão julgadora
1) Prof. Dr. José Ademir de Sales Lima - IAG/USP
2) Prof. Dr. Amâncio César Santos Friaça -IAG/USP
3) Prof. Dr. Rodolfo Valentim da Costa Lima- UNIFESP/Diadema-SP  
 
 
Resumo

No século XVIII, alguns objetos celestes difusos que podiam ser observados a vista desarmada ficaram bastante conhecidos como nebulosas. Em 1755, o filósofo Immanuel Kant (1789 -1804) sugeriu que as nebulosas seriam sistemas estelares como a Via Láctea; introduzindo assim a noção de “Universos-Ilha”.  Em 1789, o astrônomo William Herschel (1738-1822), o maior construtor de telescópios da época, publicou um catálogo com mais de mil nebulosas. Por mais de dois séculos permaneceu em aberto a questão da localidade das nebulosas. Em outras palavras, seria a Via Láctea todo o Universo incluindo as nebulosas, ou as nebulosas seriam os kantianos “Universos-Ilha”?  Essa questão foi analisada no que ficaria conhecido como “O Grande Debate” entre os astrônomos Harlow Shapley e Heber Curtis, realizado em 1920 na sede da Academia de Ciências Americana (Washington). O debate terminou inconclusivo devido à dificuldade de se medir grandes distâncias em Astronomia. No final de 1923, o mistério foi resolvido por Edwin Hubble, ao estimar a distância até a nebulosa de Andrômeda (M31), demonstrando inequivocamente que estava fora da Via Láctea.  Dessa forma, utilizando a calibração das estrelas variáveis Cefeídas - proposta por Henrietta Leavitt e sugerida para medir distâncias até as nebulosas por Harlow Shapley - Hubble fundou uma nova área do conhecimento, a chamada Astronomia Extragaláctica. A verdadeira cosmologia observacional dava seus primeiros passos. Em 1929, utilizando medidas de velocidade e distância para uma amostra de vinte e duas nebulosas (galáxias), Hubble descobriu a expansão do Universo.

Nesse contexto, discutiremos na presente dissertação as principais contribuições observacionais responsáveis pelo notável progresso da astronomia ocorrido entre o Grande Debate e a descoberta da expansão Universal.

Palavras-chave: Escala de Distâncias - Grande Debate - Astronomia extragaláctica - Expansão Universal